AddThis Social Bookmark Button
AddThis Social Bookmark Button
 
Com pesar, informamos o falecimento de Mãe Sissa de Ogum Adiolá, ocorrido hoje, 19  de setembro de 2014.
Mãe Sissa pertencia a Nação Jêje, tinha mais de 50 anos de Asentamento de seu Orixá e era esposa do saudoso Pai Tureba de Ogum.
 
O sepultamento será as 16h, no Cemitério Jardim da Paz.
AddThis Social Bookmark Button

O prefeito de Canoas, Jairo Jorge, confirmou sua presença amanhã no I Encontro sobre a Discriminação Religiosa e Social. 

O Encontro acontecerá na sede do Ilê Iemanjá e Oxalá, Rua João de Azevedo Barbosa Filho, 33, no bairro das Acássias, em Canoas, a partir das 14h30min.

Com o objetivo de discutir a qustão da discriminação religiosa, o Encontro terá a participação do verador Paulinho de Odé, do Secretário da Diversidade TIgre de Xangô e do Babalorixá e de diversos Sacerdotes de Canoas e da Grande Porto Alegre.

Infomações pelo fone 3518.4510 com os Sacerdotes Charles de Oxalá e Michelle de Iemanjá

 

AddThis Social Bookmark Button

AddThis Social Bookmark Button
 
A proposta de estudo artístico preliminar para concepção do Módulo das Religiões de Matriz Africana e Umbanda, que estará inserido no futuro Parque Inter-religioso da Fé e da Paz, foi apresentado no 13º Encontro Almas Iluminadas, na noite de sexta-feira (29), no ginásio do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas.
 
O evento, promovido pela Prefeitura, por meio da Coordenadoria das Diversidades, com apoio do Movimento de Ação Afro-umbandista (Uniaxés), promove a cultura de paz e a consciência de combate à intolerância religiosa. Participaram canoenses e visitantes de vários municípios da Região Metropolitana.
 
Na ocasião, o prefeito Jairo Jorge mostrou a proposta do espaço para rituais e outros eventos umbandistas no parque, de autoria do artista plástico baiano Tatti Moreno, também reproduzida em banners expostos no local. Lembrou que esse foi um compromisso assumido em 2 de fevereiro deste ano, durante a festa de Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes. O prefeito reforçou que todo o tipo de preconceito deve ser rejeitado, pois os terreiros são do sagrado e não do profano. Para Jairo, o som dos tambores representa esperança, alegria e fé.

Leia mais...

AddThis Social Bookmark Button
Foi realizado no sábado, dia 16, o I Seminário Afro-Brasileiro, no Plenário Otávio Rocha da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Dentre os assuntos que foram abordados, estão religiões de matriz negra, o sistema carcerário do Estado, o resgate e difusão da cultura de matriz africana para mulheres negras na luta pela igualdade sexual e racial e o papel ecológico das religiões de matriz africana. O evento foi promovido pelo Gabinete do Vereador Delegado Cleiton (PDT) em parceria com diversas autoridades religiosas, dentre elas Mãe Norinha de Oxalá, Pai Toninho de Xangô, Tatetu Candomblé de Angola, Beto de Yemanjá, Rogério de Sapanã e Tiago de Bará, Vitor e Roger de Aganjú, Carla Marques (Amuneca), Joselito Conceição Tauá Bate Folha Salvador, Everton Alfonsin, Ifateju Aworeni (discípulo do Sacerdote Araba Agbaye de Ile Ifé Nigéria), Maria José Diniz, Elisete Moretto (secretária adjunta do Povo Negro de Porto Alegre) e Maria José Diniz (assessora de Direitos Humanos da Susepe).
Jornal Grande Axé
Av. Vinte e Um de Abril, 127 sala 203
Bairro Sarandi - Porto Alegre - RS - 91.120-630
Fones: 51 3084.0386 | 51 3084.0387 | 51 91768183